sexta-feira, janeiro 25, 2002

Flanelinhas
Hoje fui estacionar o carro no centro, aki em Floripa. Dei umas voltas perto da catedral, atrás do prédio da Matrix, até que achei lugar. Era 18.30, ja fora do horário da ZonAzul. Sai do carro.. e é quando me deparo com um flanelinha fazendo aquele gesto de "ok", entaum respondi com o mesmo gesto do dedão: "ok". Então vamos recapitular e pensar. Ele é um flanelinha, e supõe-se que ele irá cuidar do meu carro. Mas pra quê? Não pagamos nossos impostos pra que os policiais possam zelar pela segurança na comunidade? Que direito o flanelinha tem de se achar o dono da vaga pra me cobrar por ter cuidado do carro? E além do mais, esse nome "flanelinha". Você por acaso alguma vez viu algum "flanelinha" com uma flanela na mão para limpar os vidros do carro? Entaum as vezes penso, o que poderiamos fazer para nos livrarmos deles.. Reclamar ao policial? Eu acho que não.. eles dirao q nao podem fazer nada, eu ficaria irritado, sairia xingando e levaria uma multa por desacato à autoridade. Aí sim que eu ia precisar uma flanelinha pra enxugar minhas lágrimas pelo rombo no bolso do meu pai! That's it, case closed!

quarta-feira, janeiro 23, 2002

Eu digo que podemos conhecer uma pessoa através do que ela assiste.. filme, seriados, cinema, televisão, whatever!
Então aqui vão meus vícios:
TV - Seriados: Dawson's Creek, Friends, That 70's Show, Scrubs, Seinfeld, E.R. e Sala de Emergência.
CINEMA - Filmes:
Drama: Gladiador, A Outra História Americana, Gênio Indomável
Ação: A Rocha
Suspense: O Aprendiz
De tanto que vejo tv, ja devo ter confundido vc que esteja tentando me analisar. Mas na real, acho que gostamos de um filme por algo q tenhamos identificado, ou situações que gostaríamos de passar.

terça-feira, janeiro 22, 2002

Past Issues
Oi. Hoje estou retomando meu blog, que na verdade quase não existiu. Entrei numa crise existencial profunda, ta parecendo aquelas frases prontas, mas não achei outra expressão melhor. Fiquei imaginando qual a relação da nossa vida com o tempo? Eu quero dizer, vivemos num presente criado por nós, o futuro só depende de nós.. mas e o passado? Ele está pronto! Às vezes sinto vontade de chorar por lembrar algo do passado que nao posso mudar, não necessariamente algo ruim, mas simplesmente lembranças. Na verdade o problema não é como mudar o passado, e sim, como reviver aquilo. Lembro de quando era criança, dos bons momentos em família e com os amigos. Aonde queremos chegar na nossa vida.. ? Sinto saudade de coisas que nem passei por tal, como por exemplo ao assistir filmes ou seriados que foram produzidos há anos atrás. Estamos assistindo algo que foi produzido há tempo, os atores nao estão lá, eh um programa gravado. Será que eles sentem saudade do dia que filmaram aquela cena que estamos assistindo? O tempo nao volta. É dificil explicar o que eu estou sentindo no momento. É algo como se meu lugar nao fosse aqui, parece q estou flutuando sobre o presente, mas vivendo o passado, e nem se quer preocupado com o futuro.
Tema musical para escrever este blog: ENYA - May it Be (Trilha do flme O Senhor dos Anéis)